Conteúdos > Notícias

Em primeira reunião com ministro do MMA, Fórum florestal e CNI apresentam realidade do segmento

Publicado em 23 de Julho de 2016
A confederação Nacional da Indústria e o Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal (FNBF), que representa oficialmente o segmento, foram recebidos pelo Novo Ministro do Meio Ambiente (MMA) Sarney Filho, em Brasília – DF.

Este foi o primeiro encontro entre MMA e entidades do segmento florestal desde que o Ministro assumiu a pasta. Representando o FNBF, a vice-presidente Adelaide Fátima de Oliveira, que também é presidente da ASIMMANEJO e SINDUSMAD do Acre. Shelley Carneiro, diretor de Meio Ambiente da CNI; Mário Cardoso, executivo da CNI, também reforçaram a comitiva florestal junto aos deputados federais Valtenir Pereira (PMDB) e Alan Rick (PRB). O diretor-geral do Serviço Florestal brasileiro do MMA, Raimundo Deus dará Filho, também par-ticipou da Reunião .
Para a vice-presidente do FNBF, Adelaide Fátima, o objetivo da reunião foi abrir um diálogo entre as representações do setor florestal e MMA. “Estabelecemos uma agenda positiva e o Ministro foi muito receptivo e disposto a com-preender como de fato funciona o segmento, florestal. “, ressaltou.

Mario Cardoso – CNI, explicou que Sarney Filho, recebeu sugestões com a finalidade de potencializar as atividades produtivas da área ambiental e dar celeridade aos licenciamentos ambientais. “Trouxemos ao conhecimento do ministro os principais anseios e as conquistas do segmento. Observamos um ministro preocu-pado em combater os ilegais e fomentar os que trabalham na legalidade”.

Geraldo Bento, presidente do FNBF, que sempre defendeu o setor de base florestal junta-mente com a CNI e demais entidades represen-tativas, avaliou o encontro com otimismo. O presidente afirmou que é necessária prudência na edição de normativas ambientais para exercer a atividade, sob o prisma de ter que “promover remendos na legislação”.