Conteúdos > Notícias

Cipem debate Pauta da Madeira, PDFS e Monitoramento em reunião nesta quinta

Publicado em 19 de Fevereiro de 2014
 

Fonte: Adriana Nascimento

Nesta quinta-feira (20.02), às 14h, a diretoria do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem) realiza sua segunda reunião ordinária deste ano. O evento acontece na sede da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), localizada na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4193, bairro Bosque da Saúde, Cuiabá. Entre assuntos a serem discutidos está a Pauta da Madeira, que visa alinhar ações com o governo estadual a fim de que haja cenário de maior competitividade do segmento florestal em relação ao mercado nacional e internacional.

Outra discussão diz respeito ao convênio de continuidade e execução do Programa de Desenvolvimento Florestal Sustentável de Mato Grosso (PDFS/MT) e Arranjos Produtivos Locais Florestais (APLs), feitas em parceria com a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Sicme) e cujos resultados vão nortear o crescimento do setor para os próximos anos.

Em pauta ainda a apresentação do PDFS/MT adaptado para a floresta e também a apresentação de como será a Mesa Redonda com empresários do mercado paulista, que virão em março, conhecer o manejo sustentável de Mato Grosso. O evento acontece em parceria do Cipem com a Rede Amigos da Amazônia da Fundação Getúlio VargasEm outro momento da reunião também será divulgado o resultado da primeira Assembleia do Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal (FNBF) da qual o Cipem é participante e seu presidente, Geraldo Bento, também gestor daquela entidade. A participação garante que o Estado possa participar e contribuir com discussões de nível nacional na formulação de políticas públicas do setor.

A reunião servirá ainda para que os diretores dos oito sindicatos que compõem o Cipem possam validar a proposta da Sala de Monitoramento da Amazônia e apresentar o relatório de Ações das Câmaras Temáticas do Cipem, a serem desenvolvidas ao longo de 2014.